quarta-feira, 6 de maio de 2020

Secretário municipal de educação de Timbiras confirma que famílias receberão alimentação escolar

Por Hildenilson Sousa - Blog Repórter Timbiras     6 de maio de 2020

O secretário municipal de educação de Timbiras, Raimundo Nonato Sousa Silva, declarou que famílias dos alunos da rede de ensino público do município receberão em uma semana a uma semana e meia, os ‘kits’ com produtos alimentícios, conforme determina a lei 13.987/2020, decretada pelo Governo Federal para suprir a segurança alimentar e nutricional dos estudantes durante o período da pandemia do novo coronavírus.

Raimundo Nonato Silva - Secretário Municipal de Educação
Foto: Arquivo da Internet
De acordo com o secretário de educação, uma primeira compra da alimentação escolar foi realizada no início do ano de 2020, mas que atualmente existem minimamente quantidades de alimentos, o que obriga a prefeitura de Timbiras a realizar nova compra. Raimundo Nonato Silva detalhou como será feita esta nova aquisição de alimentos, explicando que a compra será feita em conjunto com a empresa fornecedora que abastece a secretaria de educação do município. Segundo o secretário, os ‘kits de alimentação’, serão adquiridos e trazidos de São Luís. 

“O município de Timbiras sempre esteve preocupado com essa questão da alimentação das famílias, dos alunos. Então pra gente fazer uma distribuição dessas nós temos que comprar uma nova remessa, e isso nós estamos providenciando. Hoje mesmo [5 de maio] eu estive reunido com o prefeito, mas desde ontem que eu converso com o controlador do município para que a gente efetue uma compra, e hoje o prefeito reuniu o secretário, nutricionista, a presidente do conselho [escolar] e o responsável pela entrega da merenda. Então ficou definido que vai ser feito uma compra agora e formar os ‘kits’, e nós vamos distribuir aos nossos alunos, às famílias dos nossos alunos, só que isso leva uma semana, uma semana e meia ainda pra ser feita. Provavelmente a compra ainda será feita hoje, a encomenda”, esclarece o secretário Raimundo Nonato Silva.



Ainda segundo o secretário, a intenção da prefeitura de Timbiras é fornecer um ‘kit de alimentação’ com variados produtos, como arroz, feijão, fubá de milho, macarrão, sardinha e biscoitos, e se possível, outros itens comestíveis. O valor do ‘kit’ está calculado em R$ 24,63 (vinte e quatro reais e sessenta e três centavos) por família. Este valor é uma estimativa, que poderá ser revisto. O gestor da educação também esclarece que a ação administrativa não conseguirá atender a todas as famílias dos cerca de 7.000 alunos do município, pois “os recursos não são suficientes”, declarou.


Um comentário:

  1. Desses 7 mil alunos creio que muitos não se encaixam pra receber. Então se aumenta pros realmente carentes.

    ResponderExcluir